Entenda o que é lockdown vertical e horizontal

Em meio a pandemia de coronavírus, muito se tem falado de lockdown. Mas afinal, o que exatamente significa isto?

Há dois tipos de lockdowns econômicos: vertical e horizontal.

O lockdown horizontal, adotado em várias cidades do Brasil e do mundo, mantém empresas fechadas (exceto serviços essenciais, como farmácias e mercados) e população isolada em suas casas. O lockdown vertical consiste em manter empresas abertas e isolar o grupo de risco (no caso do coronavírus, manter em quarentena idosos e pessoas com problemas de saúde crônicos).

Em pronunciamento realizado na última terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro defendeu a adoção do lockdown vertical, visando evitar um colapso econômico no país. A declaração do presidente gerou polêmica e debates entre especialistas em saúde, empresários, autoridades políticas e civis.

Segundo o Dr. Marcelo Burattini, médico especialista em infectologia, em entrevista ao canal Globo News, mesmo que em um primeiro momento o lockdown horizontal diminua o contágio, quando as atividades econômicas retornarem ao normal, o gráfico de infecções voltará a crescer. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) defende que o lockdown horizontal é essencial para conter o contágio por coronavírus. Conforme Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, em entrevista ao site UOL, “o vírus não vai ser parado apenas pelo setor de saúde. Todos os lados devem estar envolvidos”.

Bolsonaro afirmou que discutirá com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a adoção do lockdown vertical no Brasil.

Por: Lennon Haas / Acústica FM - Foto: Iury Rodrigues / Acústica FM